© 2019  FERRAZ LYNCE

FLY 02_04_17

Cofinanciado por:

Ferraz Lynce - A sua saúde é o nosso compromisso

LANÇAMENTO LAEVOLAC® AMEIXA SAQUETAS

O Laboratório FERRAZ, LYNCE, ESPECIALIDADES FARMACÊUTICAS, S.A. está a lançar uma nova apresentação da gama Laevolac®, com sabor a ameixa, o Laevolac® ameixa em saquetas, para o tratamento da obstipação.


A obstipação, também conhecida como prisão de ventre, é caracterizada por uma dificuldade de evacuação total ou parcial, que provoca desconforto abdominal. Este mal estar pode ser provocado por diversos fatores, nomeadamente a alimentação, a toma de outros medicamentos e o estilo de vida, e por vezes é necessário recorrer a medicamentos para resolver esta situação. Nestes casos deve sempre consultar o seu médico ou farmacêutico.  


Laevolac® ameixa saquetas é um laxante suave e  natural que pode ser tomado por pessoas de todas as idades, desde os lactentes até aos idosos. Também  pode ser administrado durante a gravidez e  a amamentação.  O Laevolac® ameixa  trata suavemente a obstipação sem provocar habituação do intestino e  mantém o bom funcionamento intestinal através do seu efeito como agente prebiótico.

Laevolac®, lactulose a 666,7 mg/ml e a 10 g/15 ml, e Laevolac Ameixa, lactulose a 666,7 mg/ml e a 10 g/15 ml, são medicamentos não sujeitos a receita médica. O Laevolac e o Laevolac Ameixa estão indicados na obstipação crónica (em todos os casos). Advertências e precauções especiais de utilização: O Laevolac e o Laevolac Ameixa contêm lactulose, um dissacárido semissintético da galactose que não provoca um aumento dos níveis da glicemia podendo ser administrado a diabéticos. Contêm ainda galactose e tagatose, pelo que na sua administração em doentes diabéticos deve ter-se em consideração o seu correspondente em unidades pão (5 colheres de sopa de Laevolac correspondem a 1/4 de unidade pão). Durante a terapêutica com Laevolac e Laevolac Ameixa poderá ocorrer ocasionalmente flatulência, pelo que deve ser evitado um consumo excessivo de bebidas com gás. Se o Laevolac e o Laevolac Ameixa forem tomados durante ou após as refeições, o efeito laxante é reduzido e são necessárias doses superiores. No caso de surgir diarreia a dose de Laevolac ou Laevolac Ameixa deverá ser reduzida, e caso esta medida não seja eficaz, o medicamento deverá ser suspenso. O Laevolac e o Laevolac Ameixa contêm galactose. Doentes com problemas hereditários raros de intolerância à galactose, por exemplo galactosemia, malabsorção de glucose-galactose não devem tomar estes medicamentos. O Laevolac e o Laevolac Ameixa contêm lactose. Doentes com problemas hereditários raros de intolerância à galactose, deficiência de lactase ou malabsorção de glucose-galactose não devem tomar estes medicamentos. Leia cuidadosamente as informações constantes na embalagem e no folheto informativo e, em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consultar o médico ou o farmacêutico. Titular da AIM: FERRAZ, LYNCE, ESPECIALIDADES FARMACÊUTICAS, S.A. Data da revisão do texto: 06/2016.